segunda-feira, 25 de outubro de 2010

KINDS OF CLIMBING

Boulder na Urca.



Boulder/Travessia - Urca



Escalada Prainha-RJ



Boulder Prainha



Ufa.



Escalando Coqueiro em Itacaré-BA, Em busca da sobrevivência.



Escalada Indoor Esportiva - Body Tech Goiânia/ Paredão vertical de 18m



Prussic, ascensão em corda.



Carrasqueira Pedra da Gávea



Pedra da Gávea-Carrasqueira


Equipamento de Escalada



Preparando equipamento para iniciar a subida.



Escalada Morro da Urca



Morro da Urca



Morro da Urca



Brincando nas árvores da Península.


Rapel Cachoeira do Rosário
Pirenópolis-GO


Descida Clássica



70m de descida



Parada no primeiro platô.



Um pulinho.



Sensacional, UHU!!!



Chegando.



Dia muito feliz. Aventura junto com amigos.
 



Preparando para descer.



Vamos lá!



Queda Cachoeira do Rosário.



Visual Alucinante!!!










sábado, 16 de outubro de 2010

Grupo Petrobrás Trilhas do Rio/Pedra da Gávea 16/10/2010

5:30 da manhã na avenida das américas em direção a pedra da Gávea, muito feliz!
Tive mais uma vez a oportunidade de ver o o nascer do sol, como é lindo.


Grupo reunido na base da pedra da Gávea, momentos antes de iniciar a subida.



Iniciando a caminhada rumo ao cume da pedra.



Ascensão do grupo pela trilha.



Vamos que vamos, subindo e contando histórias com o grupo.



Simeone fazendo pose para foto na pedra do Navio. Esse cara e super gente fina.



Visual da Barra durante a subida.



Parada com o grupo na praça da Bandeira para um lanchinho. Esse pessoal e muito divertido, valeu super a caminhada.



Foto do grupo de frente o rosto do Imperador. Visual perfeito.



Chegada na Carrasqueira, antes de iniciar a subida com o grupo.



Prezo muito esse perfil de atividade, porque conheço pessoas legais que me proporcionam momentos singulares, descontraidos e quem sabe até o início de boas amizades. Me esforço ao máximo para fazer com que momentos como este, sejam o mais especial possível para cada um presente. Espero que todos tenham gostado da caminhada.

Obrigado a todos!











quarta-feira, 13 de outubro de 2010

FELICIDADE REALISTA

A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote
louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos.

Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser
magérrimos, sarados, irresistíveis.

Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema:
queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas.

E quanto ao amor? Ah, o amor.. não basta termos alguém com quem podemos
conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar
pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente
apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes
inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos
sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito. É o
que dá ver tanta televisão.

Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista.

Ter um parceiro constante, pode ou não, ser sinônimo de felicidade. Você
pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com um
parceiro, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando
se trata de amor-próprio.

Dinheiro é uma benção.
Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo.
Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se
sentir seguro, mas não aprisionado.
E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda,
buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e
um pouco de criatividade.

Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável.
Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato,
amar sem almejar o eterno.

Olhe para o relógio: hora de acordar.
É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza,
instiga e conduz mas sem exigir-se desumanamente. A vida não é um jogo onde
só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas
desta tal competitividade.

Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as
regras, demita-se.
Invente seu próprio jogo.

Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça de que a
felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir
embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não
sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração.
Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade...

"Mário Quintana"

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Pico do Papagaio / Floresta da Tijuca

Iniciando a trilha.


Casa dos duendes.


Casa dos duendes.


Chegada no cume após 1h de caminhada. Essa trilha é relativamente tranquila.


Amigos urubus fazendo a recepção da nossa chegada no cume do Pico do Papagaio.


Caminhando e cantando...



Visual maravilhoso, na cidade maravilhosa. Rio de Janeiro



Vista da Barra da Tijuca



Meu amigo Léo.



Muito feliz. Fazer trilhas me renova.



E sempre muito bom caminhar com um amigo, ainda mais o Léo, como nós conversamos durante as trilhas.
Bons amigos não tem preço!





Trilha Parque Laje / Corcovado

 

Começando a caminhar.



Ainda bem, estamos no caminho certo.



Reino Fungi



Léo e Tereza


Parada para beber água.



Como é importante uma cachoeira com água potável durante as trilhas. Precisamos preservar a natureza, não podemos destruí-la primeiro, para depois nos arrependermos.


Vista da Lagoa Rodrigo de Freitas-Zona Sul RJ
 



Léo fotografando um visual maneiríssimo.



Corre que lá vem o trem!



Trem que sobe para o Corcovado/Cristo Redentor



Chegada no cristo.



Um sagui muito dócil durante a caminhada.



Começou a ventar e fazer muito frio, ainda bem que eu estava com minha segunda pele.



Gruta da juventude, é so entrar por um lado e sair do outro novinho em folha.



Formações rochosas naturais no teto da caverna.
ESTALACTITES