quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Pedra da Gávea com grupo Norueguês / Trilhas do Rio

Após uma sessão de alongamentos, o grupo já estava pronto para iniciar a trilha.



Primeiros momentos da subida, o pessoal estava adorando a experiência.



Parada na Praça da Bandeira para tomar água e comer um lanchinho rápido.



Super feliz!!!



Visual da Barra da Tijuca



Momento da chegada no cume da pedra da Gávea.



Foto com o Grupo



Mochilas com equipamento de segurança, lanche para o grupo e kit de primeiros socorros.




Escalando a Carrasqueira para montar equipamento para o grupo.



Equipamento montado na Carrasqueira para descida do grupo. A segurança dos participantes é fundamental  para o sucesso da nossa atuação.



Após fazer a segurança de todos os participantes, chegou a minha vez de descer, fiz um rapelzinho bem rápido.



Uma parte do grupo estava do outro lado da pedra.



Foto com o grupo e o Sérgio que estava como guia principal.



Indescritível.




Praia de São Conrrado.



Visual Zona Sul



Visual maravilhoso, na cidade maravilhosa!



Iniciando a descida.



Reunião para agradecer a participação do grupo e realizar uma sessão de alongamento após a atividade física.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Remada para Ilhas Tijuca - RJ

Início da remada em direção as ilhas, aproximadamente 500m da orla, entrando em alto mar. Nosso destino final é a 2.500m da orla da praia da Barra da Tijuca, em uma ilha maravilhosa.



Após 40 minutos remando na minha prancha de surf (fanboard 7.0) estavamos aproximando do destino final, a ilha das aventuras!  


Ricardo tirando uma fotinha durante o trajeto, nesta foto estou com meu amigo Igor. O muleque é piloto, ama o que faz.


Chegada na Ilha, foto do ricardo. Estavamos meio com medo de virar comida de Tubarão ou de possíveis Orcas que nadam nessa região.


Ricardo posando para foto no fundo do mar.


Visual da chegada nas ilhas Tijuca.



Esse é o trajeto que percorremos, saimos da praia remando com as pranchas até aqui. Que adrenalina!



Eu estava comendo uma maçã que levei na mochila, afinal de contas o trajeto é punk.



Eu, Igor e o Ricardo. A galera adora uma aventura.


Nosso meio de transporte. Pranchas e um bom condicionamento físico.



Encontramos uma galera que também foi remando. Essa foto me lembra algumas tiradas no Havaí no anos 70, geral amarradão com as pranchas.


Esse dia foi muito bom! Mais uma aventura que pude realizar entre amigos, em um momento muito especial da minha vida.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Arraial D"ajuda/ Porto Seguro/ Trancoso - Bahia(BA)

Clotilde e Raimundo ......todos os dia tomávamos café da manhã com eles cantando e gritando. To sentindo falta da algazarra. Há...já estava esquecendo, também estou sentindo muita falta das tapiocas.
 

Como esse lugar é belo. Passei vários momentos sentado nessas cadeiras sem me preocupar com nada, ou melhor, meu preucupando com o dia de voltar.


Em breve irei velejar ao redor do mundo. Uma voltinha de um ano, coisa rápida!


Chegada do Resort. É isso mesmo, chegada pela água. Sempre saímos desse ponto, pegavamos a balsa e atravessávamos para Porto Seguro.


Visual maravilhoso, mais bonito ainda pessoalmente. Praias de Arraial d"ajuda.
 



Estamos almoçando na rua Mucugê. Essa rua é muito legal, nela estão concentrados vários lugares legais como bares, restaurantes, lojas de artesanatos dentre outros.



Local rústico, penumbra, linda decoração. Parece com a rua das pedras em Búzios-RJ, rua do lazer em Pirenópolis-GO.



Essa é a foto de um dos cangaceiros mais procurados na região sul da Bahia. Resolvi tirar essa foto porque achei ele meio parecido comigo. Isso foi o que a jacq disse: Tira amor, tira amor, ele é sua cara!


Em trancoso existem praias maravilhosas, nada de prédios na orla, apenas natureza. Como isso faz falta!



Barco de decoração na praia.


A beleza singular de dois barcos de pescadores locais ancorados próximo da praia.



Últimos momentos, foto tirada de dentro do carro que estava nos levando para o aeroporto, para retornar ao Rio. Calçada na orla de Porto Seguro.


Casas típicas na orla em Porto Seguro-BA

Como é bom ter a oportunidade de fazer uma viagem ao lado de uma pessoa especial. A troca de informações com diferentes culturas é muito rica, e faz com que percebamos que não existe melhor ou pior, mas sim peculiaridades distintas que merecem muito respeito e admiração. 

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

A jornada da cabeça para o coração

Após mais uma fascinante experiência prática neste mundo do Despertar da Consciência tive algumas realizações que gostaria de compartilhar com você: tenho enfatizado a busca que cada um de nós deve fazer por um "propósito na vida" e quero compartilhar alguns pontos de vista sobre como isto é gratificante e desafiador.

A sensação de estar alinhado com um propósito maior do que estudar para se formar em alguma profissão bem remunerada e trabalhar para pagar as contas de uma vida sofrida, talvez, seja o que dá sentido a nossa existência neste mundo.

Isto é tão essencial que pular esta etapa é o mesmo que abrir uma empresa sem saber por que ela existe, qual é a sua missão, visão e estratégia. Abaixo compartilho quatro passos para ajudar na sua exploração:
1. Descubra a meta certa para você.
O primeiro passo é o direcionamento para achar uma meta certa para você! Algo que faça seus olhos brilharem e que lhe dê uma motivação e luz própria para fazer com que este projeto aconteça. Estas perguntas podem lhe ajudar a encontrar algumas pistas:

  • Que atividade lhe dá tanto prazer que você faria mesmo gratuitamente?
  • Isto beneficia tanto você como as outras pessoas e o mundo à sua volta?
  • Que atividade faria você sentir que sua vida é importante?
Se você fizer algo com prazer genuíno, naturalmente, fará tão bem feito que o mundo vai querer remunerá-lo bem por isto.
2. Defina a estratégia.
Em seguida, você precisa ter uma estratégia clara de quanto tempo precisará investir (tempo, atenção e recursos financeiros), quanto espera colher e como vai chegar lá. Aqui você precisará do conhecimento, organização, métodos e tecnologia. Quais são os modelos de sucesso que você se baseará?

3. Conheça a sua essência.

Esta é a etapa onde o subjetivo em sua consciência vira algo objetivo no papel: o que precisa ser jogado fora e o que precisa ser criado/aprimorado em sua consciência para você atingir seus desejos e sonhos?

Aqui você apenas sabe, mas ainda não desenvolveu a habilidade para colocar em prática.
4. Desenvolva habilidades para lidar com suas emoções.

Este é o que podemos chamar de "pulo do gato" para que você siga sua trilha com garra e determinação. É aqui que você aprende a colocar o autoconhecimento em prática.

Uma analogia que gosto de usar é como aprender a dançar, jogar algum esporte ou tocar um instrumento. Você pode ler 50 livros a respeito, assistir filmes, ter aulas com os melhores técnicos/ professores do mundo, saber todas as regras, mas quando for dar um passo, chutar uma bola ou tocar algum instrumento é um desastre!

Quando a frustração bate à porta, a raiva faz o sangue subir ou o medo de fracassar toma o coração, ficamos frente a frente com nosso grande inimigo: nós mesmos!

Na área do despertar da consciência, este é o caminho para colocar o que sabemos em prática: religar a consciência do coração (voltar a sentir) e ter experiências vivenciais para buscar o equilíbrio do coração com a cabeça.

Ondas das emoçõesEste é o momento crucial! É aqui onde tudo acontece e você tem que demonstrar uma enorme vontade de atingir seus objetivos. Os medos, as limitações e os desafios que estavam no papel acontecem na prática e você precisará de habilidades para surfar nestas grandes ondas: aprender a boiar quando a maré estiver puxando e saber a hora certa de avançar ou recuar para as ondas não estourarem na sua cabeça.

Neste passo, você precisa de um grande diagnóstico sobre como sua consciência opera: reconhecer seus pontos fortes e fracos, inseguranças, medos e limitações e descobrir como operar a sua energia criativa (pensamento, palavra e ação) para os objetivos que deseja alcançar.

"Você sabe na cabeça, mas você não sabe no coração. Existe uma extraordinária distância da cabeça para o coração: uma distância de dez, vinte, trinta anos ou toda uma encarnação. Você pode saber algo na cabeça por quarenta anos e isto pode nunca ter tocado o seu coração. Somente quando você souber isto no seu coração você ficará realmente consciente disto." - Carl Gustav Jung
Levantar o tapete vermelho que esconde a porta do alçapão e abrir as latas de vermes que estão escondidas lá dentro, à primeira vista, não é uma atividade muito confortável. Mas, a boa notícia é que com as "ferramentas" certas você fará uma limpeza tão profunda na sua alma que o resultado é um sentimento de paz na consciência, gratidão, apreciação de suas experiências, conexão sincera em seus relacionamentos e um êxtase de viver, a cada segundo, continuamente.

Quanto tempo mais você vai esperar para começar sua jornada?


"Caio Cesar Santos"

Pedra da Gávea - RJ 15/09/2010

     Em uma conversa informal com meu amigo Ricardo Hirth, começamos a falar do quanto é bom fazer Trekking na pedra da Gávea. Após a conversa, surgiu a idéia de fazermos uma subida no dia seguinte bem cedo. Imagina o que aconteceu? Olhamos um para o outro, abrimos um grande sorriso e concretizamos a subida com um aperto de mão, FECHADO! Após esse momento já estávamos decididos a subir, começamos a arrumar os preparativos, mochila, água,comidas leves, roupas e calçados apropriados para esperar o dia seguinte. Acordamos bem cedo, e após assistir o nascer do sol na sacada da minha casa, a aventura iniciou.


Caminhando em meio a Mata Atlântica, sou surpreendido com a beleza e porte das árvores nativas.



Jaca, fruto da Artocarpus heterophyllus, vulgarmente conhecida como jaqueira.



Fomos surpreendidos durante a trilha por um grupo de Saguis comendo uma Jaca. Que momento sensacional!






Ricardo fazendo pose para tirar foto...esse menino não perde a pose em nenhum momento.



 Esse trecho é muito cansativo devido milhares de degrais ao longo do caminho.



Parada para respirar, tomar água e aproveitar para uma foto.



Visual da Pedra Bonita, próxima aventura no cronograma.



Se manter hidratado durante o trajeto da caminhada é muito importante, primeiramente devido as altas temperaturas e grande exposição ao sol, segundo porque essa é uma trilha com ograu de dificuldade elevado, o que gera bastante desgaste físico.



Próxima escalada, Travessia dos Olhos!



Grande amigo carioca, esse cara é muito gente fima.



Preparando para calçar a sapatilha e iniciar a subida da Carrasqueira.



Sejam bem vindos à Carrasqueira. Não tem nada de mais!!!



Caso alguém tenha medo de subir sem equipamento, o grampos estão em ótimas condições. Me avisem com antecedência que levo meu equipamento para fazer a segurança.



Flores naturais ao longo da trilha.



Um bom calçado, principalmente com perfil bota, é uma equipamento fundamental para desenvolver boas caminhadas. Elas geram maior conforto durante o trajeto e mantêm maior estabilidade na articulação do tornozelo. Este é um equipamento básico para quem pretende iniciar esse tipo aventura.



Esse pequeno pássaro nos acompanhou durante um bom tempo no cúme da montanha, fiquei achando tudo isso muito engraçado e resolvi fotografá-lo. 



Répteis são animais pecilotérmicos, ou seja, sua temperatura corporal varia de acorodo o ambiente. Neste momento ele estava tomando um solzinho na pedra ao meu lado. 



Vista do elevado que liga a Barra à zona Sul do alto da pedra. Podem acreditar,tinham vários carros passando neste momento.


Sagrada cachoeira. Apesar de ser simples, ela tem poder renovador após a descida.



Energias renovadas para próxima aventura.
NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO!!!